Laranja: Fora da maturação ideal, poncã se valoriza em SP (HF BRASIL)

11º Ciclo de Palestras Citrus

Os preços da tangerina poncã têm reagido no mercado de mesa paulista. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a oferta está reduzida neste início de mês, uma vez que a colheita da região norte de São Paulo (onde a maturação estava mais adiantada) já está em ritmo reduzido, enquanto as atividades das demais praças ainda não se iniciaram. A perspectiva, portanto, é de que a poncã atinja o estágio de maturação ideal entre o fim deste mês e início de maio. Nesta semana (08 a 12/04), a variedade foi negociada a R$ 30,41/cx de 27 kg, na árvore, alta de 7% frente ao período anterior.

Para as laranjas, a maior disponibilidade de precoces da safra 2019/20 segue pressionando as cotações de todas as variedades acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea. Nesta semana, a média da laranja pera foi de R$ 34,68/cx de 40,8 kg, na árvore, queda de 4,4% frente à semana anterior.

Para a lima ácida tahiti, a diminuição das atividades de campo, em decorrência das chuvas no início da semana, refletiu em aumento dos preços da variedade por mais uma semana. Vale lembrar que a oferta da fruta com boa qualidade já estava limitada em São Paulo. Assim, no período, a tahiti registrou média de R$ 23,72/cx de 27 kg, colhida, valor 5,2% superior à da semana passada.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

 

Fonte: Cepea/Hortifruti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *