Pauta cambial: carne de frango deve ceder 6º lugar à carne bovina

Últimas notícias

A menos que a SECEX/ME revise seus números (a diferença é de apenas 0,1%), a carne de frango continua, por ora, como o sexto principal produto da pauta cambial brasileira, mantendo a mesma posição ocupada há um ano, no fechamento dos 11 primeiros meses de 2018.

Mas, está claro, essa posição é efêmera. Pois o incremento anual experimentado pela carne de frango (+7,38%) corresponde a menos da metade do registrado pela carne bovina (+15,42%). Dessa forma, independentemente da manutenção desses índices, a carne de frango deve completar o corrente exercício caindo para a sétima posição.

A esta altura do ano, as duas carnes detêm a mesma participação na pauta cambial, respondendo, cada uma, por 2,79% da receita brasileira com as exportações. Mas enquanto a participação da carne de frango registra expansão de, aproximadamente, 15%, a da carne bovina sobe mais de 23% em comparação ao acumulado nos mesmos 11 meses do ano passado.

Porém, em termos de participação das carnes, a que mais chama a atenção é a da carne suína. Pois, embora colocada na 12ª posição entre os produtos básicos, sua receita aumentou 33%, resultado que elevou a participação do produto em 42,29%. Entre os básicos, esse índice só é superado pelo milho, cuja participação na pauta aumentou, até aqui, 115%.

 

Fonte: AviSite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *