China confirma quarto surto de febre suína africana

Suínos Últimas notícias

Pelo menos 8 mil animais foram sacrificados na China na tentativa de conter a doença (Foto: Editora Globo)

Nova ocorrência matou 340 animais e foi a mais de 1.500 quilômetros de distância dos primeiros casos registrados no país

 

O Centro de Saúde e Epidemiologia Animal da China confirmou o quarto surto de febre suína africana no país. O surto mais recente atingiu três propriedades em Yueqing, na província de Zhejiang, a mais de 1.500 quilômetros de distância dos primeiros casos registrados no país. O vírus matou 340 animais nas três propriedades, de acordo com o website do Ministério da Agricultura da China.

Em outras áreas afetadas, pelo menos 8 mil animais foram sacrificados na tentativa de conter a doença, informou a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

No longo prazo, a doença pode elevar os preços globais de carne suína caso resulte em escassez na China, o maior produtor e consumidor mundial, disseram analistas. A China impôs em abril tarifas retaliatórias contra o produto norte-americano e as aumentou para 62% em julho. Os EUA são um dos principais fornecedores de carne suína para a China, e as tarifas tornaram o país asiático mais dependente do produto local.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural com informações do Estadão Conteúdo.

 

Fonte: Globo Rural + Estadão Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *