Alerta Fitossanitário apresenta mapas que indicam a variação populacional do psilídeo de forma mais fácil e intuitiva

Citrus Últimas notícias

Com base no histórico de capturas de psilídeo registrado pelo Alerta Fitossanitário, o Fundecitrus, em parceria com a Embrapa, atualizou o sistema de mapas do Alerta, tornando-o mais intuitivo e didático.

A página, que antes apresentava a variação populacional do psilídeo apenas por meio de números, agora utiliza cores para indicar se a população do inseto em cada região do Alerta está baixa (verde), média (amarelo), alta (alaranjado) ou extrema (marrom). Os mapas apresentam o ‘status’ atual de cada região em relação ao histórico da própria região e ao histórico de captura de toda a área abrangida pelo Alerta Fitossanitário.

“Com a mudança, o produtor visualiza com mais facilidade como está a população de psilídeos em sua região e, assim, consegue identificar os períodos que deve intensificar o controle do inseto”, sinaliza o engenheiro agrônomo do Fundecitrus Ivaldo Sala.

Sistema de Alerta Fitossanitário

O Alerta Fitossanitário desenvolvido pelo Fundecitrus é uma ferramenta para o auxílio dos citricultores no manejo regional do greening. O sistema organiza as informações sobre a população do psilídeo por meio de armadilhas adesivas amarelas georreferenciadas e sobre a presença de brotações nas propriedades e nas regiões monitoradas. Quando a população do inseto está alta, alertas para controle conjunto e regional são emitidos, ajudando os produtores a identificar os locais e momentos críticos de ocorrência do psilídeo e a tomar decisões mais precisas.

Para saber mais sobre o Alerta Fitossanitário, acesse https://www.fundecitrus.com.br/alerta-fitossanitario.

 

Fonte: Fundecitrus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *