Coopavel avança 36 posições entre as maiores e melhores empresas do País

Últimas notícias

Área industrial da Coopavel, às margens da BR-277 na saída para Curitiba

 

A Coopavel Cooperativa Agroindustrial é um dos destaques paranaenses da recente edição da Maiores & Melhores da Revista Exame, publicação especializada do Grupo Abril. A revista traz anualmente um dos estudos técnicos mais aguardados pelo segmento produtivo nacional justamente por informar os números que mostram o desempenho e os resultados das mil maiores empresas brasileiras.

A edição deste mês de setembro dá ênfase ao ranking das 500 e das 1.000 maiores empresas nacionais e entre as cooperativas da região Oeste do Paraná a Coopavel aparece com o melhor desempenho em avanço no ranking. Em 2017, ela era a 341ª maior empresa do País e agora, em levantamento que considera os resultados de 2018, a Coopavel aparece na posição 305, um salto de 36 colocações.

O faturamento da Coopavel no exercício foi de R$ 2,54 bilhões, crescimento de 15% na comparação com o ano anterior. Segundo a Revista Exame, as 500 maiores empresas, juntas, responderam em 2018 por faturamento de 810 bilhões de dólares, avanço de 9% ante o exercício financeiro anterior. A Petrobras aparece na primeira colocação, com expansão de 19% e faturamento em 2018 que somou R$ 285,7 bilhões.

Excelente

De acordo com o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, a cooperativa teve desempenho excelente em 2018, comprovado na recente edição da Revista Exame. “Mesmo em um ano de grandes dificuldades, crescemos 36 posições no ranking. E isso representa um marco histórico para uma cooperativa que cresce e se consolida com todas as suas estruturas próprias, com diversificação de produção, entre insumos, grãos, carnes e agroindústrias”.

Dilvo afirma que a Coopavel dá uma resposta ao PIB da região Oeste do Paraná, agregando valor a todos os produtos recebidos. “Nossa cooperativa industrializa 90% de toda a produção recebida de seus associados. E para este exercício de 2019, teremos faturamento de R$ 2,75 bilhões, correspondendo a um crescimento de 10% no ano, superior em dez vezes à expansão do PIB brasileiro no mesmo período, que será em torno de 1%.

O presidente da Coopavel lembra que 2018 foi um ano difícil para o setor de carnes, mas ressalta que a diversificação da Coopavel fez com que o desempenho surpreendesse os analistas de mercado. As outras cooperativas que atuam na região Oeste também melhoraram suas posições no ranking da Exame, na comparação entre 2018 e 2017. A C.Vale subiu da colocação nove posições, a Lar 17, a Copacol nove e a Copagril avançou 12. E a Coopavel, segundo o mesmo levantamento, saltou 36 colocações no ranking.

 

Jornal Campo Aberto com informações de assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *