ABPA celebra o Dia do Suinocultor em momento favorável do setor

Suínos Últimas notícias

oje, 24 de julho, é o Dia do Suinocultor.  De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, a suinocultura nacional celebra a data em um momento altamente promissor para o setor produtivo, impulsionado por adversidades no quadro do mercado internacional.

Livre de Peste Suína Africana (PSA), o Brasil está hoje entre os players do mercado internacional de carne suína que teve suas exportações impulsionadas pelo grave quadro sanitário que hoje atinge os países da Ásia – especialmente a China, que assumiu a liderança entre os destinos do produto brasileiro.

A conquista deste status sanitário, conforme Turra, é resultado direto da profissionalização setorial, com investimentos em tecnologia e monitoramento sanitário.  É com este objetivo que são realizadas iniciativas como o Grupo Especial de Prevenção à Peste Suína Africana (GEPESA). O Grupo, sob a tutela da ABPA, tem organizado ações e campanhas de esclarecimento setorial.  A última iniciativa do grupo foi um vídeo com dicas simples de prevenção (veja no linkencurtador.com.br/gmxVZ).

“Nosso país é livre de Peste Suína Africana (PSA) e esta é uma vantagem competitiva no comércio internacional que temos que preservar. O suinocultor, neste quadro, exerce papel fundamental para que o País reforce sua blindagem sanitária e fortaleça ainda mais a posição como porto seguro para o fornecimento de carne suína, independentemente de crises como esta”, afirma Turra.

Graças ao status sanitário, o Brasil é hoje o quarto maior exportador de carne suína do mundo.  Em 2018, foram 643 mil toneladas exportadas para 70 países.  Este ano, a expectativa é de superar as 700 mil toneladas no ciclo de 12 meses de exportação.

O Brasil também é o quarto maior produtor mundial de carne suína, com 3,7 milhões de toneladas.  A carne suína é a terceira mais consumida no Brasil, com cerca de 15 quilos per capita/ano. “As conquistas obtidas na suinocultura brasileira também impulsionaram essa mudança na percepção do brasileiro, como a responsabilidade na segurança alimentar, exemplo que passou a ser seguido por outros profissionais do campo”, ressalta Turra.

Prestando justa homenagem ao suinocultor, a ABPA publicará em suas redes entrevistas com produtores de suínos que participaram da elaboração da obra “Da nossa mesa para a sua mesa”, um livro de realidade aumentada idealizado por Manuel Petry, da Agência Capella.  Em suas páginas, o livro reúne fotos de produtores e colaboradores que produzem alimentos que são  consumidos por suas famílias e vão para famílias de mais de 150 países.  Foram mais de 800 horas de trabalho dedicados à ação, percorrendo mais de 5 mil quilômetros pelo interior do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.  Veja mais na fan page da ABPA, nowww.fb.com/abpabr.

SIAVS 2019 – Em continuidade à celebração do dia do suinocultor, a suinocultura nacional estará em pauta no maior evento do setor nacional, o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), que acontecerá entre os dias 27 a 29 de agosto, no Anhembi Parque, em São Paulo (SP).

Um dos destaques da programação é o tradicional Projeto Produtor.  É uma ação exclusiva para os produtores integrados de aves, ovos e suínos que tem como objetivo divulgar as diretrizes das boas práticas de produção, atualizar o produtor com informações de mercado, sanidade, qualidade, sustentabilidade, entre outros assuntos do cotidiano das granjas brasileiras.

O SIAVS também receberá a 2ª edição do Simpósio da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), trará ao público alternativas para mitigar as crises do mercado de suínos durante o primeiro dia do SIAVS.

Para aqueles interessados em questões ligadas a sanidade da suinocultura, no segundo dia do SIAVS, o tema será foco no Painel Enfermidades Emergentes de Suínos. “O SIAVS é uma oportunidade única para todo o setor. Além de fomentar conhecimento e proporcionar novos negócios, é uma ocasião para analisarmos todas as oportunidades favoráveis para o país”, analisa Turra.

 

Fonte: ABPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *