Brasil é o maior produtor de borracha natural da América Latina

11º Ciclo de Palestras heveicultura Últimas notícias

Apenas em 2017, o setor gerou R$590 milhões só no estado de São Paulo, maior produtor brasileiro com 58% do volume nacional. Toda a cadeia produtiva gera mais de 80 mil empregos nas plantações e indústria. A expectativa é de um crescimento de 4% em 2018

Muitos não fazem ideia, mas a borracha natural faz parte do cotidiano das pessoas mais do que se imagina. O látex retirado das seringueiras, que serve como base para a produção da borracha natural, é matéria prima para diversos produtos da sociedade moderna. Desde pneus de automóveis e aviões até os populares chinelos que todo mundo usa, dos revestimentos de piso às bexigas das festas infantis. Todo esse mercado movimentou, apenas em 2017, R$590 milhões só no estado de São Paulo, que detém 58% do volume nacional. O país hoje produz cerca de 180 mil toneladas de borracha natural. Esse dado garante ao Brasil, o título de maior produtor de borracha natural da América Latina.

Historicamente, muitas pessoas ainda têm a ideia da produção de borracha extrativista da região Norte (amazônica). Mas hoje, a produção de borracha é feita de uma maneira completamente diferente: é o cultivo moderno da planta. A concentração desse cultivo em nosso país está principalmente nas regiões do Sudeste e Centro-oeste. Dentre estas o destaque vai para o Noroeste Paulista, maior região produtora nacional.

“No Brasil, a produção de borracha natural é responsável por gerar 80 mil empregos no campo e na indústria. É um mercado promissor e que cresce a cada ano. É uma produção que se estende o ano todo, a safra se inicia em Outubro e vai até Agosto do ano seguinte. Os meses de pico de produção vão de Abril a Julho. Para 2018, a expectativa de crescimento é de 4%, em relação ao ano passado”, explica o diretor executivo da Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (APABOR), Diogo Esperante.
uando comparado aos outros países produtores de borracha, o Brasil, apesar de ser um pequeno produtor, é destaque pelo uso da tecnologia. As técnicas de sangria e estimulação que são aplicadas no país são consideradas referência entre os demais países produtores.

A sustentabilidade ambiental e reponsabilidade social também são grandes destaques do produto nacional. Um dado que ajuda a explicar esta aptidão da heveicultura brasileira é o fato de que 90% da borracha no mundo é produzida em regime familiar em países cujas áreas rurais possuem baixos índices de educação, preservação do meio ambiente e responsabilidade social. A profissionalização da produção de borracha no Brasil inscreveu a cultura de forma inédita ao contexto do agronegócio e apresenta hoje para o mundo uma alternativa para o consumo de uma borracha natural livre de desmatamento, trabalho infantil e exploração de mão de obra.

A APABOR é associação que assiste os produtores e beneficiadores de borracha natural associados em todos os seus interesses comuns, a fim de possibilitar-lhes maior proteção e maior valorização técnica de seus produtos. Além de manter relações com sindicatos e federações bem como entidades oficiais ou particulares que possam facilitar ou colaborar com a Apabor para a consecução dos seus fins. Outro objetivo é colaborar com os órgãos do governo, na elaboração, implantação, proteção e execução de programas relacionados com o desenvolvimento agrícolas, industrial e tecnológico do País, principalmente quando referentes às atividades da política da borracha e sua produção, beneficiamento e industrialização.

Fonte: Apabor

Foto: Apabor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *