Desempenho do frango vivo na 1ª semana de outubro

Avicultura Economia Últimas notícias

Embora o frango abatido tenha dado um bom arranque (valorização de 6,5% entre 1 e 5 de outubro), a comercialização da ave viva não sofreu qualquer modificação: o produto disponibilizado no interior paulista permaneceu operando em mercado calmo, situação que manteve sua cotação estável em R$3,25/kg.

Esse preço persiste desde 13 de setembro passado (portanto, completou no último sábado 24 dias corridos de vigência), mas não tem sido aplicado plenamente: lotes cuja destinação final não foi previamente estabelecida vêm sendo negociados por valores inferiores, conforme as conveniências de vendedor e comprador.

Tal situação não é observada em Minas Gerais, onde a oferta de frangos vivos permanece restrita, garantindo a firmeza do mercado. Mesmo assim, o preço praticado entre os mineiros não sofre alteração há quase um mês (R$3,20/kg desde 10 de setembro passado).

Considerada a cotação atual, o frango vivo paulista registra valorização de, praticamente, 5% em relação a 30 dias atrás (R$3,10/kg) e de 25% em 12 meses (R$2,60/kg há um ano). Além disso, os R$3,25/kg ora em vigor – embora já registrados anteriormente – correspondem à maior cotação nominal já alcançada pelo produto (valor idêntico vigorou por breves 15 dias entre 11 e 25 de agosto de 2016).

Notar, de toda forma, que após deflação (vide tabela no gráfico abaixo), nos últimos quatro anos a cotação ora registrada se encontra acima, apenas, da alcançada em outubro de 2017.

Fonte: Avisite

Foto: nfalliance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *