Maior demanda e alta do dólar sustentam preços da soja no Brasil

Geral Soja Últimas notícias

A maior demanda, elevando os prêmios de exportação, e a forte valorização do dólar frete ao real têm dado sustentação aos preços da soja no mercado interno. A avaliação é do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), cujo indicador apontou o maior valor desde o mês de julho de 2016, em termos reais (descontando a inflação).

Entre 6 e 14 de setembro, a referência para o grão com base no corredor de exportação de Paranaguá (PR) avançou 2,8%, chegando a R$ 96,95 a saca de 60 quilos na sexta-feira (14/9). O indicador baseado na média de negócios do Estado do Paraná subiu 3,2%, a R$ 90,55 a saca.

“O interesse de venda é maior para exportação, visto que o valor está acima do oferecido pelas indústrias domésticas. Desta forma, enquanto vendedores consideram o cenário atual positivo, compradores domésticos estão com dificuldades na aquisição da matéria-prima”, diz o Cepea, em nota.

Os pesquisadores pontuam, no entanto, que a liquidez no mercado interno de soja tem sido limitada pelos altos valores de frete, que subiram nas últimas semanas.

Fonte: Redação Globo Rural

Foto: Getty Images

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *