A agricultura/zootecnia de precisão está acessível aos pequenos produtores?

De acordo com a Embrapa, “a agricultura de precisão visa o gerenciamento mais detalhado do sistema de produção agrícola como um todo, não somente das aplicações de insumos ou de mapeamentos diversos, mas de todo os processos envolvidos na produção”.

 

Com base nessa afirmação, sabemos que agricultura de precisão envolve muitos fatores e pode ser aplicada de diversas formas na propriedade rural, mas, como entender, de fato, a sua aplicabilidade? Quais são os objetivos e como devemos implantá-la? É possível que o pequeno produtor usufrua desse modo de gerenciamento?

 

As respostas são simples, atualmente as empresas estão investindo cada vez mais em tecnologias para atrair os produtores e, embarcam essa tecnologia nos equipamentos já existentes. Na AgroBrasília, feira realizada agora no mês de maio, a John Deere apresentou novidades no setor, como a plataforma que permite cruzar os dados obtidos em campo em tempo real e à distância, possibilitando ao produtor gerenciar as informações agronômicas e identificar, por exemplo, onde pode haver otimização de operações, de tempo e de custo, com a vantagem de que este material pode ser acessado de diferentes computadores e lugares.

 

Além do melhor gerenciamento do tempo e do maquinário, realizar o mapeamento da área também é importante para saber como a sua propriedade se encontra, quais são as áreas agricultáveis, se há plantas daninhas, tombamento da lavoura, enfim, quais são as suas condições atuais e como você poderá realizar o manejo adequado.

 

Mas e então, o pequeno produtor consegue investir em agricultura de precisão?

A resposta é sim, mas isso irá depender de conhecimento para que a tecnologia aplicada se pague ao longo de um ou mais ciclos produtivos, por isso, o investimento deve ser muito bem analisado para que traga lucro ao produtor e para que ele realmente utilize a tecnologia ao seu favor. Uma opção para quem não tem como investir, de início, é contratar a prestação de determinados serviços de agricultura de precisão, a fim de obter resultados rápidos e sem financiamentos de longo prazo.

 

Hoje em dia existem diversas empresas que realizam a prestação desses serviços com condições acessíveis e que contam com a assistência de profissionais especializados, que podem orientar nas tomadas de decisões com relação à propriedade rural.

 

Além da Agricultura de Precisão, tem-se a Zootecnia de Precisão, que permite ao pecuarista avaliar de forma individual seu rebanho, um exemplo disso é a existência de colares que monitoram o comportamento do gado e devolvem ao produtor dados sobre a sanidade dos animais, como a incidência de doenças, permitindo o tratamento em seu estágio inicial.

 

Portanto, seja para grandes ou pequenas áreas, a precisão traz confiabilidade de dados e permite que o agricultor/pecuarista planeje suas decisões, seus gastos e seus lucros.

 

Mariana Antunes, especial para o Jornal Campo Aberto

Deixe uma resposta