Professor da FGV fala sobre neuroinovação no MasterCitrus

O professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), José Chavaglia Neto, esteve no Fundecitrus nesta sexta-feira (17) para fazer uma palestra aos alunos do Mestrado Profissional em Controle de Doenças e Pragas dos Citros – MasterCitrus com o tema “Neuroinovação: o inovador de valor”.
Chavaglia é doutor em Métodos Quantitativos e mestre em Gestão de Empresas pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE/IUL), MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, especialista em Controladoria e Finanças pela Faculdade de Ciências Econômicas do Triangulo Mineiro – FCETM e Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade da Amazônia -UNAMA.

A palestra abordou a pressão do mercado para o aumento da qualidade, da eficiência e da eficácia com redução de custos, e a necessidade inovar. “Hoje o que dá dinheiro na economia é a inovação. O mundo não está mais para aventureiro”, diz.

A neuroinovação estuda processos que ocorrem no cérebro e que estão ligados ao desenvolvimento do chamado “inovador de valor” ao passar pelas etapas de percepção, resposta ao medo e a inteligência emocional. De acordo com o professor, para fazer uma gestão inovadora os líderes devem focar nas pessoas e na motivação. “É preciso entender que se está trabalhando com pessoas e que elas devem ser motivadas a todo tempo. Também é necessário tirá-las do comodismo. A criação e a inovação surgem quando você vai para o desconhecido, quando ocorre uma mudança”.
Segundo Chavaglia a inovação não é algo distante, é preciso começar agora mesmo. “A inovação está mais perto do que imaginamos, mas é preciso estimular a mente, conhecendo coisas novas. Não podemos nos fechar para o mundo, pois a inovação está em todos os lugares”.

 

Fundecitrus

Deixe uma resposta